Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Avifauna do Parque da Devesa - Observação e Registo

Projeto que visa promover a observação, a identificação, o registo fotográfico e a divulgação das espécies da avifauna que residem ou visitam o Parque da Devesa em Vila Nova de Famalicão.

Avifauna do Parque da Devesa - Observação e Registo

Projeto que visa promover a observação, a identificação, o registo fotográfico e a divulgação das espécies da avifauna que residem ou visitam o Parque da Devesa em Vila Nova de Famalicão.

Alvéola-cinzenta (Motacilla cinerea) - "Ave da Semana" (2015-05-03)

Álveola-cinzenta_2.jpg

E a "Ave da Semana" (2015-05-03) é ... a Alvéola-cinzenta (Motacilla cinerea). Uma das três alvéolas mais conhecidas em Portugal, observada no Parque da Devesa durante todo o ano (residente). Mede entre 17 a 20 cm de comprimento. “Os casais reproduzem-se dispersamente em cursos de água pequenos e rápidos, com leito rochoso e com bosques, ou pelo menos árvores, nas margens, bem como à beira de lagos e em rios mais lentos. (…) Nidifica em cavidades de rochas ou de pontes de pedra, moinhos de água, etc., à beira de água. Entre as alvéolas, é a que tem cauda mais comprida e as patas mais curtas. Abana constantemente a cauda grande, com força tal que acaba por abanar toda a parte traseira. (…) O chamamento á muito parecido com o da alvéola-branca, mas é mais agudo – ‘zi-zi’. O chamamento de alarme é um ‘süiht’ repetido e intervalado por um chamamento. O canto consiste em séries curtas e mecânica de notas agudas – ‘ziss-ziss-ziss-ziss’, geralmente misturadas com uma frase alternativa de notas mais agudas – ‘si si si siü’.” (Guia de Aves – Guia de Campo das Aves de Portugal e da Europa, Assírio & Alvim, 2012)

http://www.xeno-canto.org/141165