Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Avifauna do Parque da Devesa - Observação e Registo

Projeto que visa promover a observação, a identificação, o registo fotográfico e a divulgação das espécies da avifauna que residem ou visitam o Parque da Devesa em Vila Nova de Famalicão.

Avifauna do Parque da Devesa - Observação e Registo

Projeto que visa promover a observação, a identificação, o registo fotográfico e a divulgação das espécies da avifauna que residem ou visitam o Parque da Devesa em Vila Nova de Famalicão.

Cigarrinha-malhada (Locustella naevia) - "Ave da Semana" (2015-01-25)

IMG_5720_ac.jpg

E a "Ave da Semana" (2015-01-25) é a Cigarrinha-malhada (Locustella naevia). Ave observada no parque em 2014-09-03. Mede entre 12,5 e 13,5 cm. "Reproduz-se em habitats de vegetação baixa e densa, muitas vezes em pântanos com tufos de vegetação, à beira de rios (com tufos mais altos), em plantações de coníferas ainda jovens ou em clareiras (abate de árvores) e no meio de erva alta com arbustos dispersos, também ao longo das margens dos rios. Estival; inverna, tanto quanto se sabe, na África Tropical. Muito difícil de observar, excepto quando canta. Mantêm-se bem escondida e move-se silenciosamente na erva. Nidifica junto à base de vegetação densa. ... O chamamento consiste num 'psvitt' agudo e lacinante. O canto é peculiar, consistindo numa vibração seca e mecânica (como um insecto), tipo zumbido ou tilintar de uma campainha - sir'r'r'r'r'r'r'r'r'r'r - ouvido sobretudo ao crepúsculo ou à noite, e que se pode prolongar por vários minutos. ..." (Guia de Aves - Guia de Campo das Aves de Portugal e da Europa, Assírio & Alvim)

http://www.xeno-canto.org/36378

Peto-real (Picus Viridis) - "Ave da Semana" (2015-01-18)

IMG_6625_ac.jpg

E a "Ave da Semana" (2015-01-18) é o Peto-real (Picus Viridis). Ave residente no Parque da Devesa. Tem um canto muito forte, audível em todo o parque. Tem um comprimento de 30 a 36 cm e uma envergadura de 45 a 51 cm. "Reproduz-se em bosques abertos com árvores de folha caduca ou mistos, em áreas agrícolas com pastagens e árvores, em parques e também em grandes jardins. Comum. Alimenta-se principalmente de formigas; passa muito tempo no solo. Tímido e desconfiado." (Guia de Aves - Guia de Campo das Aves de Portugal e da Europa, Assírio & Alvim)

http://www.xeno-canto.org/211270

Rabirruivo-comum (Phoenicurus ochruros) - "Ave da Semana" (2015-01-11)

IMG_7950_ac.jpg

E a "Ave da Semana" (2015-01-11) é o Rabirruivo-comum (Phoenicurus ochruros). "Pequeno passeriforme insectívoro do tamanho de um pisco-de-peito-ruivo. O macho é preto com uma pequena mancha branca na asa. A fêmea e o juvenil são acastanhados. Em todas as plumagens, o rabirruivo-preto identifica-se pela cauda cor-de-fogo e pelo “tique nervoso” que se consubstancia num frequente tremer." (http://www.avesdeportugal.info/phooch.html)

http://www.xeno-canto.org/76848